A Diversa Idade

Ouvi uma vez de um amigo que as pessoas “Idosas” são pessoas do futuro, inicialmente não entendi porque ele disse isso, mas agora, analisando melhor entendo seu ponto de vista.

A pessoas com mais idade que eu já andaram por caminhos que eu não andei, já deram mais passos neste planeta e seu coração já bateu mais vezes que o meu.

A expectativa de vida aumenta a cada dia no mundo e com o avanço dos cuidados com a saúde, bem estar e hábitos de vida as pessoas estão chegando com muita energia, disposição e vitalidade a uma idade mais avançada. Isso proporciona, não apenas uma grande oportunidade de transformação social e profissional, como uma possibilidade de aprendermos com a sabedoria dessas “pessoas do futuro”

Em 1999 eu trabalhava em uma empresa de tecnologia e devido a um evento global chamado “Bug do milênio” muitos profissionais já aposentados ou com o dobro da média da idade dos que estavam “na ativa” foram chamados de volta, pois era uma mão de obra “altamente especializada” e com disponibilidade para encarar o desafio de “correr contra o tempo” para que grande parte dos sistemas não parasse de funcionar no dia 01/01/2000.

Nesta primeira metade do século 21 estamos vivendo e presenciando uma nova revolução no mundo com a “reinvenção” dos negócios, surgimento de novas profissões e também muitos questionamentos sobre alguns tipos de preconceito e novos olhares para a diversidade.

O preconceito geracional sempre existiu, mas talvez nunca tenha sido tão evidente e questionado, talvez as empresas e as pessoas que conseguirem enxergar além desta grande muralha poderão se beneficiar e colher os frutos incluindo e integrando em seus ambientes e projetos, equipes multigeracionais e altamente eficientes.

Convido a quem tem visão e humanidade para que coloque rapidamente em suas pautas e diretrizes essa questão antes que tenham que fazer isso “a toque de caixa” caso surja uma nova legislação ou política pública que precise ser cumprida.

Mais do que um país do futuro ou pessoas do futuro podemos criar e conceber “Empresas do Futuro” acolhendo essa diversa idade.

Seguimos conectados!